domingo, 22 de maio de 2011

Se você é contra privatizações leia isso

Neste post espero demonstrar uma série de fatores que tornam as privatizações necessárias para o crescimento do Brasil.
Neste texto não sou partidário a nenhuma empresa, pessoa ou partido e mantenho minhas opiniões politicas reservadas.


"O estaleiro do Açu gerará aproximadamente 10 mil empregos diretos na fase de operação e 3500 na fase de construção. O projeto, que representa um investimento de US$1,7 bilhão, trará significativos benefícios diretos e indiretos para a localidade e regiões próximas ao empreendimento, assim como para a economia brasileira." fonte: http://www.youtube.com/watch?v=-PsLZpz0nsk
Parece até propaganda do governo, mais isto é uma iniciativa privada.

Estudos revelam que o governo brasileiro é realmente ineficiente na administração das empresas governamentais. (fonte: http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/0992/noticias/o-custo-da-ideologia).

A 'ideologia' de que privatizar, conceder ou trazer a iniciativa privada para suprir a necessidade da população, ganhar lucro com isso e reverter em impostos, é tida como pecado mortal para qualquer governo e político. É comum durante as campanhas eleitorais ver os candidatos 'dançarem' conforme a música. Muitos que são ou foram a favor das privatizações mudam o discurso durante a campanha.

Aqui Fernando Henrique fala sobre a opinião de José Serra sobre privatizações...
...Mas, no segundo turno da campanha os 'pecadores' foram 'convertidos'.

Aqui o governo Lula dá um exemplo de privatização...
... Aqui outro exemplo de privatizações e o mais estranho e que o governo faz críticas a privatizar...
...Aqui já é na campanha eleitoral sendo 100%??? Contra privatizações.

Muitos países desenvolvidos já adotaram a idéia de deixar o governo criar agentes reguladores e ceder concessões para empresas privadas explorarem setores de importância para a população. Eu creio que o futuro para as nações em desenvolvimento somente se tornará sustentado seguindo este modelo.

Mas porque privatizar? A privatização pode gerar vários benefícios a população:

  1. A empresa passa realmente a ser 'pública', ou seja, antes ela era uma empresa do governo e aqui no Brasil isso significa que ela passa a ser um objeto de lobby político e não uma empresa para gerar lucros e absorver as necessidades da população.
  2. Gestão clara e regulada. As empresas estatais não são do povo brasileiro, são do estado e isso significa que são administradas pelo estado (os partidos que estão no poder), com seus vícios e politicagens. Quando a empresa é privatizada ela se torna vigiada pelos orgãos reguladores e como não é uma empresa regulamentada por lobby, poderá sofrer realmente as sanções das regulamentações e da lei.
  3. Gestão profissional. Nas empresas estatais entra governo e sai governo e os administradores dessas empresas são trocados, mas não por critérios técnicos e administrativos e sim por lobby e 'parceirias' entre os partidos governantes.
  4. Diminuição da corrupção. Como a empresa é privada o objetivo dela é bem claro, gerar lucros para os seus acionistas. Casos de corrupção são tratados com demissão e cadeia.
  5. Livre concorrência. As empresas estatais normalmente sofrem de monopólio na prestação do serviço a população e isso faz com que não se tenha parâmetros de comparação e também que não se tenha uma opção alternativa mais eficiente. Os preços ao consumidor são definidos pela lei da oferta e da procura e também pela livre concorrência entre os fornecedores. Todos aqui se lembram o quanto era caro ter um telefone fixo.
  6. Eficiência administrativa nos produtos e serviços. Empresas que visam o lucro para seus acionistas sempre irão fazer aquilo que é mais eficiente, naquele momento, e que gere maior lucro. Isso significa que junto da concorrência, a empresa ou se torna eficiente ou perde mercado. Todo investidor não põe dinheiro em algo esperando perder.
  7. Criação de um ecossistema em volta do serviço. Como o governo não vai prover todos os recursos como fazia antes, isso abre a oportunidade para criação de empresas especializadas em prover serviços à empresa privatizada. Por exemplo, para a empresa privatizada é muito mais eficiente terceirizar um serviço que ela precisa, e que não é o foco principal, do que criar uma equipe interna, muitas vezes temporária para realizá-lo. Um exemplo é o relacionamento entre Contax e Oi.
  8. Criação de empregos. Por mais que muitas pessoas achem que privatizar é demitir, isso não é verdade. As empresas privatizadas perdem os status de funcionários públicos 'estáveis', mas como elas tem uma eficiência maior e normalmente crescem absurdamente mais que quando administradas pelo governo, essas empresas costumam a manter e contratar pessoas eficientes e competentes.
  9. Dinâmica de mercado. As empresas públicas normalmente seguem as dinâmicas dos partidos que estão no poder. Uma empresa privatizada tem que seguir a dinâmica do mercado pois não tem o dinheiro de impostos para bancar aventuras.
  10. Impostos. Empresas privadas pagam impostos e como crescem absurdamente mais que quando estatais geram mais impostos. As empresas estatais não geram impostos (por mais que paguem impostos), na realidade elas consomem os impostos.
  11. Transparência. Normalmente leilões e concessões são realizadas através de leilões públicos e abertos. Empresas estatais criam licitações onde pode haver todo tipo de propina.
Aqui Fernando Henrique diz porque privatizar é importante.


Na história recente do Brasil temos o caso de sucesso de várias empresas privatizadas: Coelce, Teleceará (agora Oi), Companhia Vale do Rio Doce (agora VALE), entre outras.
Hoje em dia existem muitas denuncias e críticas contra a empresa Oi, mas isso é uma marca muito boa das privatizações, no tempo em que a empresa era a teleceará e que era estatal o que você podia fazer? Não existia orgão regulador, e quem regulava era o próprio governo que não ia meter a faca na própria carne. Hoje se a empresa vai contra o código de defesa do consumidor é autuada e deve resolver o problema ou paga multas altas e pode perder a concessão. Imagine o governo perdendo a concessão sobre uma estrada cheia de buraco? Isso não existe! Ele vai alegar que não sobrou nada dos caros impostos que pagamos e nada vai ser resolvido.
Todos se lembram como era caro a telefonia pública. Todo o sistema era absurdamente caro, telefones fixos eram vendidos como ações, celular era coisa de rico e pagava-se para ligar e para atender, era um tijolo enorme obsoleto em relação aos outros países, somente ligava e atendia, não existia pré-pagos; Hoje em dia celular server para mandar sms, imagens, ver vídeos, acessar internet e muito mais. Antes internet era coisa de universidade, hoje temos internet em todo lugar e só cresce! Temos mais telefones celulares que brasileiros. Antigamente telefone era artigo de luxo! A pessoa que queria demonstrar dinheiro tinha duas linhas em casa e a maioria da população não podia nem pagar pelo telefone, sem contar que se pagava por um serviço realmente ineficiente.
Bem mas atualmente existe empresa de telefonia ineficiente? Sim, claro que existe! Mas a solução é muito fácil, muda de empresa, vai no procon você tem opções existe concorrência, existe queda de preço. Veja a concorrência entre GVT e Velox.

As maiores empresas do Brasil são VALE e Petrobrás, ambas são empresas que nasceram como estatais e de sociedade anônima, mas, a VALE foi privatizada e a Petrobrás continua sendo gerida pelo governo. O Crescimento da Vale em relação a Petrobrás é algo incomparável.

Vale depois de privatizada cresceu e superou a Petrobrás. Este vídeo demonstra como a privatização pode ser benéfica para a população.

Neste vídeo o autor cita vários motivos porque a privatização da VALE foi uma conquista para o povo brasileiro. Neste vídeo ele cita fontes que você poderá obter os dados na integra. Como ele vai citar grande partes dos dados que eu iria colocar aqui, deixo a fonte para não replicar os links e você poder buscar as informações necessárias. fonte: http://www.youtube.com/watch?v=vCWn_3Au7qA

Temos vários exemplos na história do Brasil sobre a iniciativa privada fazendo o país crescer a a ineficiência do governo em administrar os recursos e fazer o país crescer, isso não significa que não exista o empresas predatórias e governos eficientes. A História brasileira simplesmente demonstra algo que já está enraizado em nossa cultura popular, que é a cultura da vantagem sobre os outros em tudo. É fácil encontrar pessoas que usam de atitudes como suborno, ou 'amigos' no governo para obter vantagens, injustas, sobre outras pessoas.

Barão de Mauá foi um grande brasileiro e empreendedor, realizou no Brasil importantes benfeitorias que o governo real não realizava e não realizou, trouxe as indústrias quando o governo queria apenas a agricultura era a favor da abolição enquanto a política local era dependente da escravidão. Era realmente um homem a frente de seu tempo que foi barrado pelo próprio governo.


O Brasil está precisando de empreendedores como o Barão de Mauá, e precisa que o governo deixe administradores profissionais trabalharem para o progresso do país.